NOVEMBRO AZUL– CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO DO CÂNCER DE PRÓSTATA

O que é Câncer de Próstata?

O Câncer de Próstata é uma doença na qual as células prostáticas sofrem modificações moleculares e se multiplicam de forma descontrolada, podendo avançar e atingir outros órgãos, localmente ou à distância.

A Próstata é uma glândula que se localiza próxima à uretra masculina. Ela está presente somente nos homens e possui a função de produzir um líquido que se mistura aos espermatozóides produzidos nos testículos, ajudando a formar o sêmen.

Sinais e Sintomas do Câncer de Próstata

Em sua fase inicial, o câncer da próstata tem evolução silenciosa. Muitos pacientes não apresentam nenhum sintoma ou, quando apresentam, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata (dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou a noite).

Ao crescer, o câncer de próstata pode acometer órgãos vizinhos, como a bexiga, ureteres ou reto, o que pode causar sintomas inespecíficos como dor pélvica, sangue na urina, inchaço escrotal, dor lombar e inchaço das pernas, quando os linfonodos da pelve e abdômen estão bastante comprometidos.

Nos casos mais avançados, pode haver presença de fraqueza, falta de energia e de apetite, e até mesmo anemia.

 

Detecção precoce do Câncer de Próstata

Como inicialmente não há sintomas, é sugerido que todos os homens a partir dos 50 anos sejam avaliados anualmente através do toque retal e de dosagens sanguíneas de PSA para o diagnóstico da doença.

Aqueles com história de câncer de próstata na família (pai, irmãos, tios) e da raça negra devem iniciar essa avaliação aos 45 anos, devido ao maior risco associado.

Lembre-se: se o câncer de próstata é detectado em sua fase inicial, a chance de cura chega aos 90% (INCA).

 

Exames para detecção do Câncer de Próstata

Existem alguns exames específicos de rotina, que são utilizados para indicar alterações na próstata.

No exame de toque retal, o médico avalia tamanho, forma e textura da próstata, introduzindo o dedo protegido por uma luva lubrificada no reto. Este exame permite palpar as partes posterior e lateral da próstata.

Exame de PSA: é um exame de sangue que mede a quantidade de uma proteína produzida pela próstata – Antígeno Prostático Específico (PSA). Níveis altos dessa proteína podem significar câncer, mas também doenças benignas da próstata.

 

Fatores de risco para o Câncer de Próstata

  • Idade:o risco aumenta com o avançar da idade. No Brasil, a cada dez homens diagnosticados com câncer de próstata, nove tem mais de 55 anos.
  • História de câncer na família:há um risco aumentado em homens cujo pai ou irmão tiveram câncer de próstata antes dos 60 anos.
  • Raça Negra:pessoas de raça negra tem um risco maior para o desenvolvimento de câncer de próstata.
  • Sobrepeso e obesidade:a excesso de peso está relacionado com formas mais agressivas do câncer de próstata.

Ou seja, É recomendado que os exames preventivos sejam realizados anualmente a partir dos 50 anos e, em pessoas que se enquadram nos fatores de risco, a partir dos 45. Procure seu médico.